Desenvolvido por Levant Consultoria de Marketing

www.levantmkt.com

Avenida Almirante Barroso, 1454 - Marco, Belém - PA

E-mail: sbotpara@gmail.com
Tel: 091 - 3084-3000

Acidentes de trânsito são as maiores causas de fratura no Pilão Tibial

03/07/2018

Antes de iniciar o mês das férias escolares, a diretoria da SBOT-PA realizou mais uma edição da sua Reunião Clínica, no dia 28 de junho, no auditório do Hospital Adventista de Belém. Dessa vez, a temática escolhida foi ‘Fraturas do Pilão Tibial’. A programação contou com palestras do ortopedista Dr. Milton Alencar e do Anestesiologista Dr. Mauro Araujo.

Em sua aula, Dr. Milton fez um apanhado histórico sobre o conceito da fratura de pilão, afirmando que, atualmente, a maioria das fraturas é causada por acidentes de trânsito. O especialista também ressaltou a importância da classificação da fratura para definir qual o tratamento será utilizado.

 

“O tratamento pode ser cirúrgico ou conservador, sendo que este último traz resultados insatisfatórios e está reservado apenas a pacientes que não vão suportar o tratamento cirúrgico”, afirmou Dr. Milton.

 

Para o Dr. Mauro Araujo, ter o controle total sob o paciente contribui para que ele volte à vida social o mais rápido possível. Para isso, é preciso identificar o perfil do paciente, saber se ele tem quadros álgicos de difícil controle; se teve dor crônica antes da cirurgia; se o paciente tem algum quadro emocional, como depressão ou ansiedade; se há uso crônico de opióides, entre outros.

 

Em seguida, finalizando a programação, o ortopedista Dr. Fabio Santana apresentou alguns casos clínicos para serem debatidos. Participaram da discussão os ortopedistas Dr. Milton Alencar, Dr. Éverton Barbosa, Dr. Carlos Soares, o anestesista e terapeuta da dor, Dr. Mauro Araujo, e o fisioterapeuta Dr. Thiago Araujo.